Vamos falar sobre Empoderamento Feminino?

Neste mês não poderíamos deixar de abordar um assunto que está tão em alta, que é o empoderamento feminino. Felizmente, este tema tem estado em diversas rodas de discussão, o que permite que mais mulheres tenham o conhecimento sobre ele e faz com que os resultados sejam positivos no dia a dia de todas.

Mas afinal, o que é o empoderamento feminino? De forma simples, ele é o ato em que a mulher se torna dona do seu poder individual e o assume tanto na sua vida profissional, pessoal, familiar ou conjugal.  Além disso, o empoderamento feminino é um assunto que vem sido discutido há muitos anos. Por exemplo, o Dia Internacional da Mulher foi criado após um incêndio que ocasionou a morte de mais de 100 operárias, em 1911, Nova Iorque. No Brasil, a mulher foi ganhar o direito opcional de votar apenas em 1932, passando ser obrigatório em 1946, ainda assim as mulheres são a minoria na política. Por isso, é importante que haja o desenvolvimento de ações que contribuam para o crescimento continuo da mulher na sociedade, estimulando o entendimento de que mulher não precisa ser vista apenas como dona de casa ou sexo frágil, além de diluir a ideia de que mulheres são rivais e construir juntas um futuro que traga mais igualdade para todas.

Em 2010, a ONU desenvolveu uma cartilha que aborda “Os Princípios de Empoderamento das Mulheres”, que são sete passos que ajudam a dar mais poder para as mulheres. Os princípios estabelecem que as mulheres disponham de mais acesso a educação de qualidade e que possam se capacitar cada vez mais, para que assim sejam capazes de ocupar cargos de liderança dentro das empresas, além de desenvolver uma cultura empresarial em que haja igualdade para ambos os gêneros, ou seja, que a mulher não seja desconsiderada para ocupar um cargo ou receba um salário inferior apenas por ser mulher. Quanto mais valorizarmos as mulheres, proporcionarmos igualdade e respeito, mais mulheres empoderadas teremos.

Praticar o empoderamento feminino é uma ação que cabe a todos e você também pode iniciar uma conversa que ajude meninas e mulheres a se empoderarem. Esperamos que através deste texto tenhamos empoderado cada mulher que o leu. E lembre-se: juntas somos mais fortes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *